Seguidores

segunda-feira, 3 de maio de 2010

A dor da Velhice... Parte 1


A história que vou contar a vocês é uma história
real..algo que está acontecendo hoje, agora, e
que infelizmente eu estou acompanhando de per-
to. É uma história muito triste.
Algo que eu pensava não mais existir nos dias de
hoje, não com as pessoas envolvidas, com outras
pessoas é até comum, mas com essas é raro de se
ver, ao menos eu não tenho muito conhecimento,
não vejo isso todo dia..
Mas Vamos aos fatos...

Tenho umas amigas que me são muito queridas, são
as pessoas que me acolheram tão logo eu cheguei aqui
onde moro. Até porque vim para cá sem conhecer
ninguém, e a familia delas acolheu a mim e a minha
familia como se fosse deles. Eis que elas tem uma mãe,
que tem 78 anos, uma senhora muito fofa, muito que-
rida. Essa senhora lutou muito para criar os filhos, pois
o primeiro marido a abandonou com um menino de 3
anos de idade. Passado algum tempo, ela conheceu ou-
tro homem, ela se apaixonou perdidamente por ele, e
logo foram viver juntos. Tiveram uma filha, antes da filha
nascer ele foi embora, deixando-a sozinha. A filha nasceu.
Passado uns 2 anos ele voltou todo arrependido, ela o
aceitou de volta. Novamente ela engravidou, e tudo se re-
petiu de novo, ele foi embora e a deixou grávida de novo.
Ela funcionaria pública federal. Criou as filhas com empre-
gadas e com as tias tomando conta. Por sorte hoje são
umas mulheres bem sucedidas, de boa indole, enfim pes-
soas maravilhosas. As quais eu devo muito, conforme já
falei para vocês. Essa 2 meninas se deram bem. Hoje estão
bem casadas, as duas tem filhos, uma delas tem um meni-
no e a outra um casal. Mas nem sempre foi assim, um mar
de rosas a vida delas, pois ter que passar a infância toda
vendo a mãe trabalhando, se lamentando e chorando por
um amor perdido não foi fácil para elas. Isso era de trauma-
tizar pelo resto da vida, mas por sorte elas conseguiram se-
gurar a onda.

Passados 40 anos, o tal homem volta. Veja bem, foram 40
anos de ausência, sem nunca ter vindo ver as filhaas, sem
nunca ter ajudado na educação, criação e financeiramente.
Ele voltou...e voltou dizendo que estava muito doente, com
pouco tempo de vida e não queria morrer sem que as filhas
o conhessece ( como se elas fizessem questão disso). A me-
nina mais velha ficou feliz, pois enfim iria rever o pai que
até então só tinha visto por foto. Esse disse que viria passar
tres dias e depois iria embora. Era uma visitinha rápida!
As duas meninas foram busca-lo na rodoviária. Quando ele
desceu do onibus, a mais nova,(muito esperta), viu que tinha
algo errado. Como alguém que viria ficar 3 dias traria sete ma-
las???Ela comentou com a irmã, e essa até brincou: Isso deve
ser os presentes de todos esses anos para nós"... a outra: vai
confiando, isso ai tem cara de quem veio para ficar!! E caiu na
risada!
A mais velha o recebeu com um abraço caloroso, a mais nova
meio retraida deu apenas um oi de longe. Então que a mais
velha o levou para a casa dela, hospedou ele em um quarto
muito bom com suite com tudo, (ela é bem sucedida) deu a
ele uma vida de rei. Mas contando que seriam no máximo
uma semana de hospedagem. Nesse meio tempo, a mãe diz
que de forma alguma quer ve-lo. Proíbe as gurias de leva-lo
na casa dela. Mas a mãe como é uma senhora que mora sózi-
nha, ia todo dia almoçar na casa da filha, que tinha empregada
que fazia a comida. E nessas idas para fazer as refeições eles ine-
vitavelmente acabam se encontrando. Ele começa a trata-la bem,
começa a elogia-la dizendo que o tempo não havia passado para
ela, que ela estava muito bem, enfim aqules galanteios que qual-
quer mulher inocente(burra) cai. E os dois começam a ter contato
novamente, ele vai visita-la, começa a fazer pequenos favores a
ela, como comprar cigarros (ela fuma), ir no mercado, na farmacia.
Resumo: em pouco mais de 1 mes ele já estava dentro do aparta-
mento dela. Ai começa a saga da pobre senhora.

Como este post esta ficando muito longo eu continuo outro
dia, prometo....
Mas podem ir comentando sobre o que leram até agora...
Quero saber a opinião de vocês...

-----------------------------------

Outra coisa, tem uma blogueira muito fofa ai
Fernanda Reali está fazendo uma promoção
que é literalmete um mimo. Clica aqui boba,
vai lá e participa!!! Segue o passo a passo e
se joga na torcida!!!

Por hoje é isso ai... Assim que der eu volto...
Bom inicio de semana pra vocês!!!

Bjos no

7 comentários:

Desabafando disse...

Que situação não? Olha, eu acho que dificilmente aceitaria esse homem de volta e dentro de casa mas pelo que vc contou, parece que ele já voltou mesmo disposto a ficar né? Principalmente porque ele sabe como convencer e manipular as pessoas pra isso.

Luciana Klopper disse...

Nossa!!! Fiquei curiosa pra saber a segunda parte da história..mas já acho que esse senhor, um aproveitador!

Vem desfrutar do Amor de Deus disse...

Ah Fátima... o que eu acho? que essa mulher é muito boba mesmo..não tem amor proprio.. porém, quem somos nós pra julgar ou decidir o que ela deve fazer né?
Ela já levou na cabeça duas vezes e parece que vai levar a terceira... a propósito ele nao tava doente? hummmm...
Bjs amiga e tenha uma linda semana
Márcia

legalmente loira... disse...

Amei, lindo post!
vamos aguardar!!!
adorei o post anterior lindas fotos e um encontro feliz entre amigas que delicia.

Doce beijo

Cadinho RoCo disse...

Numa relação afetiva quem somos nós para avaiar, ou julgar a atitude de quem quer que seja.
Cadinho RoCo

Sônia Silvino disse...

Eu acho que não aceitaria a "visita" dele, não, amiga!rs Tô curiosa para saber o que aconteceu.
Bjkas, muitas!

Maite Guadagnoli disse...

Oi lindinha, que coisa, contar as coisas pela metade, só comento qdo souber o resto da história, bjos , saudades...

Related Posts with Thumbnails